Trilha sonora de Muitos Homens Num Só não condiz com a época do filme

As músicas que tocam no longa brasileiro, nova estreia da Netflix, foram colocadas no filme para trazer um senso mais atual para os conflitos do início do século vinte.

publicidade

A trilha sonora de Muitos Homens Num Só, apesar de ser um filme de época, não acompanhou as tendências musicais do século vinte.

Quem organizou a trilha do longa brasileiro, que estreia essa semana na Netflix, foi Dado Villa-Lobos, ex-Legião Urbana.

publicidade

Em uma entrevista para a Rolling Stone Brasil, Dado contou que no início do processo, ele considerou usar músicas da virada do século, época em que se passa a história:

“A gente tinha ouvido muitos maxixes, polcas, Chiquinha Gonzaga, Nazaré, entre outras… E a gente chegou à conclusão que não era bacana.”

A diretora Mini Herti disse que rejeitou a ideia, porque ela queria algo mais atual que fosse mais facilmente reconhecido pelo público. “Eu queria uma trilha não de época, eu queria uma trilha atual, uma trilha com sonoridades atuais”, explicou.

Segundo Dado, a escolha foi a melhor opção para o filme porque as músicas “de alguma forma traziam aquela narrativa histórica pra dentro do nosso universo de hoje em dia”.

publicidade

Muito da trilha sonora também foi composta especialmente para o filme, como a trilha que toca na cena de abertura do longa, com uma cena de um bar que conta com a participação de um músico brasileiro famoso:

“Então a gente criou todos os temas, o primeiro tema que vem é o tema do bar que é um plano sequência incrível. Ali você tem como o baterista o Charles Gavin, o baterista dos Titãs, e eu fiz aquele tema com a cara daquele bar, do que poderia estar soando.”

Sobre o filme

publicidade
Muitos Homens Num Só (Reprodução)
Muitos Homens Num Só (Reprodução)

A história acompanha a trajetória de Dr. Antônio, um homem de conduta duvidosa que rouba dos aristocratas do Rio de Janeiro na virada do século 20, e no fim das contas termina se apaixonando por uma mulher rica que está presa em um casamento infeliz.

Dr. Antônio é interpretado por Vladimir Brichta, que contracena com Alice Braga no papel de Eva. Além dos dois, o filme também conta com Pedro Brício, Caio Blat, Silvio Guindane, Billy Blanco Jr. e Alice Assef.

publicidade

Muitos Homens Num Só estreia na Netflix no dia 1º de maio.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›