Terry Crews, astro de Todo Mundo Odeia o Chris revela ajuda da esposa para vencer vício em pornografia

Terry Crews contou que além de lidar com o problema com raiva teve que superar o vício em pornografia, e para isso contou com a ajuda da esposa.

publicidade

Terry Crews é casado com a cantora Rebecca King Crews desde 1989, e o casal atualmente tem 5 filhos. Crews é conhecido por Todo Mundo Odeia o Chris, Brooklyn Nine-Nine e As Branquelas.

Em uma entrevista para o ET, o ator revelou que fez um jejum de sexo de 90 dias com a esposa para tratar seu vício em pornografia. Crews contou sobre os problemas de raiva que teve, e outras situações que teve que superar ao longo de seu casamento.

publicidade

“Eu tinha nove anos quando fui exposto à pornografia e diria que isso é abusivo. O fato de eu conseguir, o fato de poder olhar para isso se tornou algo que usei como muleta, para entorpecer toda essa dor, mesmo antes de conhecer Rebecca”.

No entanto, durante o relacionamento, Crews desabafou que o vício permaneceu e piorou.

“Era também o meu segredo, e eu nunca contei a ela, nunca. Passamos 20 anos de nosso casamento e eu nunca contei a ela. Eu mantive essa coisa escondida. Na verdade, levou a alguma infidelidade no casamento e eu nunca contei a ela. Eu jurei que nunca contaria. Eu estava tipo: ‘Eu vou para o túmulo com essas coisas'”.

Terry Crews em Todo Mundo Odeia o Chris (Divulgação)
publicidade

Crews não escondeu que apesar de tentar guardar segredos, Rebecca percebia que havia algo de errado. E que a esposa deu um ultimato a ele, que quase causou o fim de seu casamento.

O ator explicou que deu muito trabalho para combater seu vício, porque grande parte da superação foi aprender sobre isso e como estava doendo, e de onde o vício se originou.

publicidade

“E nós fizemos isso juntos. Rebecca estava lá e ela realmente se reagrupou comigo. Eu fiz um jejum sexual de 90 dias [com] ela. E as pessoas ficaram tipo: ‘Uau, isso é loucura’. Mas deixe-me dizer uma coisa – o que foi tão bonito nisso, foi que me levou a uma época em que eu tinha 12 anos e gostava de uma garota e não sabia nada sobre sexo. Mas tudo o que fiz foi dar a ela uma flor e dizer: ‘Gosto de você por quem você é’. E não era sobre sexo. Isso nos levou de volta a esses momentos. Eu senti como se tivesse 12 anos de novo, porque o sexo foi tirado da equação e era tudo sobre amor novamente”.

“Eu não podia acreditar. Foi o melhor. No começo, eu fiquei tipo, ‘Oh meu Deus, isso vai ser horrível.’ Foi a melhor coisa que já fizemos”, acrescentou Crews.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›