Quais elementos da mitologia de Stranger Things foram alterados na 4ª temporada?

Parece que algumas informações da quarta temporada da série não batem exatamente com o que foi explicado antes

publicidade

A nova temporada de Stranger Things e deixou alguns fãs com dúvidas sobre alguns pontos do roteiro, que parecem contradizer informações dadas antes.

Conhecida pelo nome de ‘retcon’, a ‘técnica’ é usada com frequência em séries e longas franquias, e consiste em alterar elementos da mitologia ou história da série estabelecidos anteriormente.

publicidade

Alguns ‘retcons’ foram identificados por fãs, e compilados em uma matéria do site Screen Rant. Saiba mais sobre eles a seguir.

A Origem dos Poderes

O grande vilão da temporada, Vecna/Henry Creel/ é a fonte dos poderes que o público vê em Onze e nos outros objetos de estudo do laboratório, segundo os flashbacks mostrados nos recentes episódios.

Não que seja exatamente um furo no roteiro, mas as temporadas anteriores sugeriam que os poderes das crianças tinham sido alcançados com experiência com psicodélicos durante a gravidez, como a história de Terry Ives, mãe de Onze.

Os Poderes das cobaias

Cena de Stranger Things 4 (Reprodução)
Cena de Stranger Things 4 (Reprodução)
publicidade

Quando Kali, a número Oito foi apresentada na segunda temporada, a história parecia sugerir que cada um dos objetos de estudo do laboratório tinham poderes diferentes.

Porém, depois do final da segunda temporada, Stranger Things teve uma série de quadrinhos que expandiram o universo da série, e nela cada um deles tinha um poder diferente. Aparentemente, os spin-offs em papel não podem ser considerados parte do cânone do programa de tevê.

O que aconteceu com as outras crianças?

publicidade

A quarta temporada explica que todos os outros objetos de teste dos laboratórios de Hawkins foram mortos no grande massacre de 1979, que no final do volume um é revelado ter sido obra do número Um.

Nos quadrinhos derivados, as histórias contam a trajetória de outros fugitivos do laboratório, mas como com os poderes desenvolvidos, as duas mídias parecem tomar caminhos criativos diferentes.

O Demogorgon

Um dos maiores furos no roteiro da quarta temporada está na Rússia, o Demogorgon. Como foi visto nas últimas duas temporadas do programa, as criaturas do Mundo Invertido não sobrevivem se os portais estão fechados.

publicidade

A questão é que, se Onze fechou a conexão entre os planos no final da segunda, e depois Hopper fechou no final da terceira, como o monstrengo sobreviveu?

Talvez no volume dois haja respostas que expliquem esses pontos e esclareçam que nada disso na verdade é uma mudança na mitologia da série.

O volume um da quarta temporada de Stranger Things, composto de 7 episódios, já está disponível na Netflix. O volume dois, com os dois episódios finais, será lançado no dia 1º de julho.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›