Sistema Bruto: Diretor revela como fez cenas de multidão sem usar figuração

Gui Pereira explicou que não contratou figuração devido às limitações impostas pela pandemia do Covid-19

publicidade

Com a cantora sertaneja Bruna Viola como protagonista, a comédia de ação Sistema Bruto é centrada em uma corrida de caminhonetes, que o diretor Gui Pereira afirma que conseguiu filmar sem contratar figuração para a plateia, e ele contou como fez isso.

Durante uma entrevista exclusiva para o E-Pipoca, o cineasta falava sobre como foi filmar durante a pandemia do Covid-19, com todas limitações impostas pelas medidas de segurança nos set de filmagem, quando revelou que ele acabou não contratando figuração.

“Em Coração de Cowboy, a gente trabalhou com uma empresa de figuração e já é complicado trabalhar com figuração de uma maneira geral, mas, então nesse filme, que exigia bastante figurante, por mais curioso que seja, a gente acabou usando realmente só a equipe do filme como figurante”, ele contou.

publicidade
Cena de Sistema Bruto (Reprodução/Youtube)

Pereira lembrou como todos colaboraram em cenas como as que mostravam a plateia da corrida, fazendo papel de figuração, o que incluiu ele próprio, e por mais que não fosse a intenção, isso foi benéfico também economicamente para a produção.

“Então a gente vê toda equipe, os eletricistas, o pessoal de arte, eu apareço, e a produção, todo mundo foi figurante e a gente acabou, de certo modo, economizando, porque a gente não contratou figuração”, ele salientou.

Ele destacou que a não contratação de figuração não foi para cortar despesas, mas devido às exigências da pandemia.

publicidade

“Mas também não tinha como ter figuração durante a pandemia mesmo, era algo que até nos próprios locais que a gente gravava não podia ter mais do que, sei lá, 30 pessoas em tal sala. A locação não permitia isso. Então a gente acabou, como eu falei antes, a gente tirou esse ano da pandemia para planejar tudo certinho, como que a gente ia gravar todas as cenas e aí tudo deu certo no final das contas”, ele ressaltou.

Cena de Sistema Bruto (Reprodução/Youtube)
publicidade

Ele acrescentou que, como sua própria equipe foi reduzida, também devido a pandemia, eles estão contando com uma ajudinha da tecnologia para aumentar uma pouco as pessoas em cenas de multidão.

“Acho que isso da figuração a gente até que conseguiu tirar de letra, porque como eu falei, a gente planejou legal, e a gente vai trabalhar até com efeitos para duplicar a configuração que a gente gravou”, ele explicou.

Sistema Bruto ainda não tem uma data de estreia definida, mas está previsto para chegar aos cinemas ainda neste ano.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›