Salma Hayek revela ter ficado constrangida ao gravar cena de sexo com Antonio Banderas

Salma Hayek
Salma Hayek como Carolina em A Balada do Pistoleiro (Reprodução / Columbia Pictures)

A atriz Salma Hayek revelou um momento constrangedor durante a cena de sexo do filme A Balada do Pistoleiro. Salma revelou ter ficado traumatizada com a situação e não soube o que fazer.

Na cena em questão Salma contracenava com o ator Antonio Banderas.

Em entrevista ao podcast Armchair Expert, a atriz disse:

“Então, quando fomos gravar, comecei a soluçar. Eu disse ao outros (no set): ‘Eu não sei se posso fazer isso, estou com medo'”

Uma das coisas que eu estava apavorada era o Antonio. Ele foi um perfeito cavalheiro e muito gentil, e seguimos grandes amigos, mas na hora ele estava muito descontraído e calmo com a situação. E isso me assustou, porque pra ele, aquilo era nada. Eu comecei a chorar e ele ficou: ‘Meu Deus, você está me fazendo me sentir terrível’. E eu fiquei envergonhada que eu estava chorando”.”

Eventualmente a cena foi gravada e incluída no filme, mas pela forma como foi gravada, ela foi incluída como cortes rápidos.

“Fizemos o melhor que podíamos fazer naquela época”

Salma ainda revelou que ficou preocupada com a reação que sua família teria ao ver a cena.

“Quando você não é você (e sim um personagem), você pode fazer isso. Mas eu ficava pensando em meu pai e meu irmão. Eles vão ver? E eles vão se sentir ofendidos? Rapazes não tem isso. O pai do ator vai dizer, ‘Sim! Esse é meu filho!’.”

Salma ainda conta que ela e seu pai foram ver o filme, mas saíram da sala do cinema quando a cena foi exibida, e só voltaram após o fim dela. A atriz disse que ainda não conseguia assistir aquela cena.

Hayek e Antonio Banderas atuaram juntos em várias produções após A Balada do Pistoleiro, incluindo os filmes O Gato de Botas e Era Uma Vez no México.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›