Robert Downey Jr. pagou contas e internação em clínica de reabilitação para ator envolvido em escândalo

O astro da Marvel deu conselhos e apoio emocional a Armie Hammer depois dos escândalos de canibalismo.

publicidade

O ator Robert Downey Jr. parece mesmo preocupado e disposto a ajudar seus colegas de profissão.

Depois de notícias recentes terem afirmado que ele deu conselhos a Johnny Depp, agora, a imprensa internacional noticia que ele também deu suporte ao colega Armie Hammer, depois dos escândalos de canibalismo que o afastaram de Hollywood.

publicidade

A informação foi dada pela revista Vanity Fair, que afirmou que Downey Jr. não só deu conselhos ao ator de Me Chame Pelo Seu Nome, como também pagou por seus seis meses de internação na Guest House, clínica de reabilitação famosa por tratar celebridades com dependência em álcool e outras drogas.

Armie Hammer em O Agente da U.N.C.LE (Reprodução)
Armie Hammer em O Agente da U.N.C.LE (Reprodução

Ator precisou abandonar novo emprego recentemente

De acordo com a mesma publicação, Armie Hammer precisou deixar o trabalho nas Ilhas Cayman depois que vários veículos de comunicação começaram a noticiar que ele estava trabalhando como corretor de imóveis na região.

Atualmente, ele estaria na cidade de Los Angeles com sua esposa e filhos. A família estaria hospedada em um imóvel que também pertence ao ator de Homem de Ferro.

publicidade

Pelo que se sabe, Robert Downey Jr. é quem permanece arcando com todos os gastos da família Hammer até que o ator possa voltar a trabalhar normalmente.

O advogado do artista chegou a reclamar dos ataques que seu cliente sofreu na mídia, dizendo:

publicidade

“Acho uma merda que ele está sendo atacado pela mídia por ter um ‘emprego normal’”.

Oliver (Armie Hammer) em Me Chame Pelo Seu Nome (Reprodução)
Oliver (Armie Hammer) em Me Chame Pelo Seu Nome (Reprodução)

Vítima de Armie Hammer detonou Morte no Nilo por usar ator em divulgação

Uma das ex-namoradas do ator, que alega ter sido vítima de abuso criticou a Disney por usar imagens dele na divulgação do filme Morte no Nilo.

publicidade

O ator se envolveu em um escândalo que o acusa de violência sexual contra suas ex-namoradas, vício em sexo e canibalismo.

“É um tapa na cara para as vítimas e extremamente desrespeitoso e retraumatizante que a Disney e o Kenneth Branagh escolheram colocar a cara de um abusador em outdoors para promover um filme”, disse a moça.

“Por que vocês estão agindo como se fosse uma produção normal quando, até mesmo de acordo com o Armie, ele foi o centro de uma m*rda insanamente sombria naquela época que as pessoas não sabiam a respeito (ainda)? Hollywood precisa parar de promover abusadores. Isso também se aplica a Ansel Elgort e todos os outros homens acusados de agressão sexual e abuso que Hollywood escolhe continuar promovendo. Dinheiro e filmes nunca deveriam importar mais do que as vidas e traumas das vítimas.”, falou ela.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›