Produtora culpa marketing porco da Netflix pelo cancelamento de Primeira Morte

A série foi cancelada logo na primeira temporada

publicidade

Primeira Morte conquistou um número enorme de fãs, sendo uma das séries mais comentadas recentemente nas redes sociais. A produção atingiu cerca de 97 milhões de horas assistidas na Netflix.

Mesmo com esse sucesso, o programa não escapou do cancelamento mesmo ainda em sua primeira temporada. Em uma entrevista para o The Daily Beast, a produtora Felicia D. Henderson culpou o marketing da Netflix pelo fim prematuro da série.

publicidade

“A arte no início da campanha [que focava no romance proibido entre as protagonistas] era linda. Esperava que esse fosse só o começo e que outros pontos importantes da série – monstros contra caçadores de monstros, a batalha entre duas poderosas matriarcas, etc. – eventualmente fossem abordados, mas isso não aconteceu”.

Uma fonte do The Daily Beast informou que o foco na propaganda em um romance lésbico adolescente foi o que pode ter dificultado a série alcançar mais pessoas.

Henderson ainda contou como foi receber a ligação com o aviso de sua série seria cancelada.

“Quando recebi a ligação para me dizer que eles não estavam renovando o programa porque a audiência não era alta o suficiente, é claro, fiquei muito desapontada. Qual showrunner não ficaria? Me disseram algumas semanas atrás que eles esperavam que a conclusão dos números ficasse mais alta. Acho que não ficou”.

Agradecimentos

publicidade
Primeira Morte
Primeira Morte (Divulgação/ Netflix)

Mesmo assim a produtora se sente grata com a Netflix, principalmente pelo apoio durante as gravações da série que aconteceram na pandemia da COVID-19.

publicidade

“Eles licenciaram a propriedade intelectual, pagaram por um roteiro piloto e deram um orçamento de produção saudável. A equipe criativa deu muito apoio quando estávamos filmando a série em condições angustiantes – antes de haver ‘vacinas para todos’ em Atlanta, um centro de produção superlotado”.

Henderson também se mostrou orgulhosa de sua equipe e agradeceu ao elenco, ao qual chamou de muito talentoso.

“Acho que esse elenco está entre os mais talentosos com quem já trabalhei. E a química deles? Fogo, com certeza. A série é incrível e ficamos entre os cinco primeiros global e nacionalmente por três das primeiras quatro semanas. Eu estava muito esperançosa”.

publicidade

Os fãs fizeram uma petição no Change.org para que Primeira Morte ganhasse uma nova temporada.

Para conseguir o respeito de uma família de vampiros Juliette (Sarah Katherine Hook) precisa matar alguém pela primeira vez. Ela escolhe como alvo Calliope (Imani Lewis).

Julliete descobre que sua vítima faz parte de uma família de caçadores de vampiros. Ambas percebem como será difícil uma matar a outra, mas não para se amarem.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›