Paramount é processada por causa de Top Gun: Maverick; entenda

O processo de direitos autorais quer impedir a exibição e distribuição do filme

publicidade

Um processo foi aberto contra a Paramount por conta do filme Top Gun: Maverick devido a um artigo de 1983 que inspirou o filme original de 1986.

De acordo como o site Deadline, Shosh Yonay e Yuval Yonay entraram em um processo de direitos autorais nesta segunda-feira (6), no tribunal federal da Califórnia.

publicidade

A dupla quer indenizações não especificadas do estúdio como também uma liminar para interromper as exibições e a distribuição do filme lançado em 27 de maio.

Chamando Top Gun: Maverick de “derivativo”, os Yonays, representados por Marc Toberoff e Alex Kozinski, alegam que a Paramount está “tocando o nariz no estatuto” que permite a rescisão de direitos após 35 anos.

“Essas alegações não têm mérito e nos defenderemos vigorosamente”, respondeu um porta-voz da Paramount.

Na edição de maio de 1983 da revista California, Ehud Yonay escreveu “Top Guns”, sobre os pilotos e o programa “localizado em um cubículo de escritórios no segundo andar no extremo leste do Hangar One em Miramar”.

publicidade

A matéria foi escolhida o mais rápido possível e Yonay foi citado nos créditos de Top Gun: Ases Indomáveis. Contudo, pelo jeito a Paramount não renovou os direitos de usar Top Gun novamente com os parentes de Ehud. A reivindicação dos Yonays diz:

Apesar de a sequência de 2022 claramente ter derivado da história, a Paramount conscientemente falhou em garantir uma nova licença de filme e direitos auxiliares na história protegida por direitos autorais após a recuperação dos Yonays de seus direitos autorais nos EUA em 24 de janeiro de 2020. Os Yonays alegam e a Paramount nega que a sequência de 2022 não se qualifique para a ‘exceção de obras derivadas anteriores’ sob 17 U.S.C. porque não foi concluído até muito depois de 24 de janeiro de 2020″.

publicidade

A Paramount disse que “a sequência de 2022 foi ‘suficientemente concluída’ em 24 de janeiro de 2020 (a data de rescisão efetiva) em uma tentativa dissimulada de iniciar a sequência de 2022 na exceção de ‘obras derivadas anteriores’ à rescisão”.

Top Gun: Maverick segue o famoso piloto Pete “Maverick” Mitchell, que tem a missão de treinar uma nova leva de pilotos e mostrar que habilidade humana é mais importante que tecnologia.

O filme tem direção de Joseph Kosinski. O elenco inclui Tom Cruise, Val Kilmer, Miles Teller e Jennifer Connelly.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›