‘Os críticos absolutamente não servem para nada’, afirma Viola Davis

Viola Davis respondeu as críticas negativas sobre sua interpretação de Michelle Obama em A Primeira Dama e pontuou 'Nem tudo será uma performance digna de prêmios'.

publicidade

Viola Davis está na série A Primeira Dama (The First Lady), onde interpreta Michelle Obama. Em uma entrevista para a BBC News, a atriz não se intimidou em alfinetar o público e a crítica que fizeram comentários negativos a respeito de suas expressões faciais e lábios franzidos.

“Como você segue em frente da mágoa, do fracasso? Mas você tem que seguir. Nem tudo será uma performance digna de prêmios. Os críticos absolutamente não servem para nada. E também não estou dizendo isso para ser desagradável. Eles sempre sentem que estão dizendo algo que você não sabe. De alguma forma, você está vivendo uma vida cercada por pessoas que mentem para você e ‘eu vou ser a pessoa que se inclina e diz a verdade’, então isso dá a eles a oportunidade de serem cruéis com você. Mas, em última análise, sinto que é meu trabalho como líder fazer escolhas ousadas. Ganhar ou falhar, é meu dever fazer isso”.

publicidade

Davis, que disse não ter tido nenhum contato pessoal com Obama, e observou que interpretar uma figura contemporânea mundialmente reconhecida foi um verdadeiro desafio: “Ou você está fazendo demais ou não o suficiente”.

Viola Davis como Michelle Obama em A Primeira Dama (Reprodução / Showtime)
Viola Davis como Michelle Obama em A Primeira Dama (Reprodução / Showtime)

A Primeira Dama, Davis também tem a participação de Michelle Pfeiffer e Gillian Anderson, que interpretaram as matriarcas da Casa Branca de décadas anteriores. Pfeiffer interpretou Betty Ford, que atuou como primeira-dama de 1974 a 1977 e que morreu em 2005, e Anderson como Eleanor Roosevelt, que foi primeira-dama entre 1933 e 1945, que morreu em 1962.

A série tem direção de Susanne Bier, é do canal norte-americano Showtime, os episódios estão disponível nos serviços de streaming Parmount+ e Prime Video.

publicidade

Viola Davis ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante em 2017 por sua atuação em Um Limite Entre Nós, de Denzel Washington, e foi indicada por atuações em Dúvida, Histórias Cruzadas e A Voz Suprema do Blues.

Davis também foi duas vezes vencedora do Tony por King Hedley II e Fences (peça que serviu de inspiração para o filme de Washington). Em 2015, ela ganhou um Emmy por How to Get Away With Murder. Outros créditos de Davis como atriz estão O Esquadrão Suicida, Ender’s Game – O Jogo do Exterminador e A Luta por um Ideal.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›