Ligação pessoal ajudou criadora de Ms. Marvel a conseguir o emprego

Bisha K. Ali também comentou sobre como recebeu excelentes conselhos de criadores de outros programas

publicidade

Não foi à toa que Bisha K. Ali se tornou a criadora de Ms. Marvel, ela correu atrás para ser cotada para o cargo e quando conseguiu uma chance se dedicou intensamente na melhor apresentação para os executivos da Marvel, mas foi com uma ligação pessoal que ela conseguiu o trabalho.

Durante uma recente entrevista com a revista americana The Hollywood Reporter, a roteirista disse que conseguiu convencer a Marvel de que ela era a pessoa certa para o trabalho devido ela ser uma grande conhecedora e fã da personagem-título.

“Acho que eles realmente responderam ao fato de que essa história era intensamente pessoal. Eu tinha uma noção real de quem essa personagem era como fã, porque é quem ela está representando. Ela representa os fãs da Marvel no mundo real e é uma fã dos Vingadores no MCU”.

“E então lá estava eu, um superfã também, entrando naquela sala e dizendo: ‘Olha, eu também não acredito que estou nesta sala. Vamos fazer isso. Aqui está como eu quero abordá-lo’”, ela contou.

publicidade

Ela destacou durante sua conversa com os executivos como ela tem coisas em comum com Kamala Khan e como isso facilitaria no processo de ampliar a personagem para todos os públicos.

“Pude compartilhar com eles porque achei que esse programa era importante para mim pessoalmente, como fã, como pessoa do sul da Ásia, como mulher paquistanesa, como mulher de origem muçulmana”.

“Expliquei por que essas coisas eram importantes, mas também como poderíamos casá-las de uma maneira específica e universal. Então eu expus isso para eles e qual seria o meu caminho para isso”, ela explicou.

Bisha K. Ali (Reprodução/ Youtube)

Ela finalizou apontando como sua experiência anterior (na equipe de roteiristas de Loki) e relações dentro da Marvel Studios foram extremamente úteis.

publicidade

“Eu também tinha pontos de bônus por ter trabalhado em Loki. Eu trabalhei naquela primeira rodada de programas e sabia como eles funcionavam e como estavam fazendo televisão. Então, estar no chão durante a primeira onda foi incrivelmente útil para mim em termos de como navegar”.

“Também recebi conselhos do [escritor principal] Malcolm Spellman em Falcão e o Soldado Invernal e [escritor principal] Jac Schaeffer em WandaVision, então tudo isso realmente me ajudou. Nós meio que nos conhecíamos criativamente, e eles entendiam quem eu era e vice-versa. Então, todos esses elementos combinados para fazer todo o sentido”, ela concluiu.

Os primeiros dois episódios de Ms. Marvel já estão disponíveis no Disney+, e novos episódios serão lançados semanalmente nas quartas-feiras.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›