Assim como em seu novo filme, Kristen Stewart acredita que mundo vai ficar em ruínas em breve

A atriz fez um comparativo do mundo real com o que foi mostrado em Crimes of the Future

publicidade

Kristen Stewart acha que um futuro em ruínas não está distante e que o diretor David Cronenberg “previu o futuro” por conta do filme Crimes of the Future, ainda sem título em português.

Lançado no Festival de Cinema de Cannes, Crimes of the Future revelou ser perturbador por mostrar “o próximo passo da evolução humana”. O filme vem sendo elaborado por Cronenberg há mais de duas décadas, e será lançado no cinemas ao redor do mundo em 3 de junho.

publicidade

Em uma entrevista para a Vulture, Stewart comentou que estava curiosa sobre o filme e como ela fez comparações com o mundo real.

“Eu tinha muitas perguntas sobre de onde veio e por que agora, porque parecia completamente urgente e vital. Ele disse: ‘Eu escrevi em 1996, na verdade’. Eu fiquei tipo: ‘Oh, legal, legal, então você é um oráculo’. Para não dizer que não estamos nesse caminho há muito tempo, em direção a uma destruição bastante certa. Para não parecer muito sombrio, mas é verdade. O filme se passa em um futuro que está em ruínas e não estamos longe”.

Stewart compartilhou que ela não sabia sobre o que era realmente o filme até sua estreia.

“A parte mais legal de fazer um filme é que você descobre por que está fazendo isso no filme ou depois. A maneira como os humanos chegaram aqui é tão f*da. Então pensei: ‘Este filme é basicamente tudo o que você já considerou’. Como chegamos aqui? Somos capazes de mudar? Existe alguma maneira de se unir? Foi muito divertido deixar minha bandeira de aberração voar totalmente. Muito raramente me pedem para interpretar pequenos personagens estranhos como essa. Geralmente é tipo: ‘Venha interpretar a mulher forte enfrentando a adversidade’. E eu respondo: ‘F*da-se!’”

publicidade

Stewart interpreta uma investigadora do Registro Nacional de Órgãos que fica fascinada com um artista performático interpretado por Viggo Mortensen que está desenvolvendo novos órgãos e removendo-os cirurgicamente no palco.

A mensagem do filme

Kristen Stewart em Crimes of the Future (Reprodução)
Kristen Stewart em Crimes of the Future (Reprodução)
publicidade

Foi relatado que Crimes of the Future apresentou cenas fortes como mutações, autópsias em crianças e pessoas lambendo feridas, com muitos expectadores deixando a exibição logo nos primeiros minutos.

Contudo, quem conseguiu ficar até o fim do filme ficou impressionado pela obra de David Cronenberg. Stewart compartilhou:

“Antes dos créditos serem levantados, estava um silêncio mortal. Eu fiquei tipo, ‘Ooh, as pessoas não sabem como se sentir. Eles não sabem se devem aplaudir ou não’. Eu senti como se fosse a p*rra do momento de Will Smith, onde todo mundo estava tipo, ‘Sim? Não? Não. Ok, na verdade não!’ Tipo, as pessoas têm que olhar para a esquerda e para a direita para ver se as pessoas gostam antes de bater palmas? É muito para assumir no começo, eu acho.”

publicidade

A atriz ainda falou sobre a mensagem que o filme quer mostrar para as pessoas apesar de seu tom pesado.

“Estamos caminhando para a morte certa, com certeza. Mas há uma delicadeza no filme que, mesmo nas coisas sangrentas, fiquei realmente enfeitiçada por isso. Todo mundo falando sobre sair e como foi intenso. Eu fiquei tipo, ‘Não é intenso! É realmente bonito'”.

publicidade

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›