James Gunn detona direita conservadora que culpa Hollywood pela crise das armas nos EUA

O cineasta conhecido por produções sangrentas como Pacificador, disse que se deve separar o que é ficção e realidade

publicidade

James Gunn decidiu se pronunciar a respeito de um discurso sobre o controle de armas feito por Matthew McConaughey na Casa Branca após um massacre que aconteceu em uma escola de Uvalde, Texas.

Segundo o site IndieWire, diversos veículos de direita estão questionando os esforços do ator e como Hollywood retrata a violência. Por sua vez, Gunn pontuou que se deve separar o que é ficção da realidade.

publicidade

Gunn retweetou um post da Breitbart News com o comentário:

“Matthew McConaughey, que fez um apelo apaixonado por uma nova legislação de controle de armas em um discurso na sala de reuniões da Casa Branca na terça-feira, usou 19 armas em 11 filmes ao longo de 25 anos, de acordo com o Internet Movie Firearms Database”.

Por sua vez, George Takei, conhecido por Star Trek, questionou: “E eu usei um phaser mortal muitas vezes na tela, mesmo sendo um budista não violento. Qual é o seu maldito ponto?”

Gunn respondeu: “Acho que o ponto deles é: ‘Olhe ali!! Hollywood!” Há histórias violentas e videogames em quase todos os países do mundo. Mas só nos EUA é mais difícil vender uma rosquinha do que uma arma. Pare de confundir armas fictícias em filmes com a legislação de armas de bom senso”.

publicidade

Gunn então relembrou a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins do filme Rust, em outubro de 2021, que foi baleada por Alec Baldwin no set pois havia um bala real no revolver que o ator iria usar.

Rust, um caso de incompetência incompreensível por parte de quase todos, resultou na única morte por arma de fogo em um set em anos. A indústria cinematográfica saltou para tornar os cenários mais seguros por meio do aumento das regulamentações. Mais de 1.500 crianças e adultos morreram em tiroteios em massa nos EUA desde 2009″.

publicidade

Quando um seguidor comentou que 60% dos proprietários de armas são treinados para usar suas armas de fogo, Gunn respondeu que isso não garante segurança ou uso indevido das armas.

“O pôster abaixo postou isso como se isso fosse uma coisa boa. Como se estivéssemos orgulhosos: ‘Mais de 60% dos motoristas receberam treinamento antes de entrar na estrada’ ou ‘Mais de 60% dos cirurgiões foram para a faculdade de medicina’ ou ‘Mais de 60% dos pilotos de avião já pilotaram um avião pelo menos uma vez'”.

O discurso de McConaughey

Dezenove alunos do ensino fundamental e dois professores foram assassinados por um home em em Uvalde, Texas, em 24 de maio. O atirador comprou um rifle de assalto AR-15 assim que atingiu a maioridade

publicidade

McConaughey se manifestou contra a tragédia em 7 de junho na Casa Branca e também em uma publicação no Instagram.

“Precisamos de posse responsável de armas. Precisamos de verificações de antecedentes. Precisamos aumentar a idade mínima para comprar um rifle AR-15 para 21 anos. Precisamos de um período de espera para comprar esse rifle. Precisamos de leis de bandeira vermelha… Os donos de armas responsáveis ​​estão fartos com a 2ª Emenda sendo abusada e sequestrada por alguns indivíduos perturbados. Estes regulamentos não são um passo atrás, são um passo em frente para uma sociedade civil e para a 2ª Emenda”.

Segundo a CNN, houve no EUA pelo menos 246 tiroteios em massa relatados em 2022 em 5 de junho, a caminho de superar a quantidade histórica de mortes relacionadas à violência armada do ano passado.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›