Em Ritmo de Fuga 2: Roteiro já está pronto, mas diretor tem grande dúvida

Lily James e Ansel Elgort no cartaz de Em Ritmo de Fuga — Foto: Divulgação
Lily James e Ansel Elgort no cartaz de Em Ritmo de Fuga — Foto: Divulgação

Em entrevista de divulgação de seu novo filme, Last Night in Soho, Edgar Wright declarou ao site da Variety que já finalizou três versões do roteiro da sequência de Em Ritmo de Fuga (2017), mas não se sabe qual delas é a final.

“Eu escrevi (a sequência). Na verdade, são três versões distintas. Discussões já estão acontecendo e o acordo está finalizado. Eu tenho algumas ideias que estão sendo desenvolvidas e algumas ideias novas. A continuação apresentará diversos novos personagens e vai continuar a história.”

Com orçamento estimado em US$ 35 milhões, o longa original arrecadou US$ 226 milhões de bilheteria mundial, além de ter recebido aclamação da crítica.

Na história,  o jovem Baby (Ansel Elgort) tem uma mania curiosa: precisa ouvir músicas o tempo todo para silenciar o zumbido que perturba seus ouvidos desde um acidente na infância.

Excelente motorista, ele é o piloto de fuga oficial dos assaltos de Doc (Kevin Spacey), mas não vê a hora de deixar o cargo, principalmente quando se vê apaixonado pela garçonete Debora (Lily James).

Em Ritmo de Fuga foi indicado à três categorias do Oscar 2018: Melhor Edição, Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som. O filme encontra-se, atualmente, no catálogo de filmes da Netflix. Assista abaixo ao trailer:

Novo filme de Edgar Wright

Previsto para estrear em abril deste ano, Last Night in Soho, novo filme do cineasta, foi adiado em seis meses. O longa, estrelado por Anya Taylor-Joy, Thomasin McKenzie e Matt Smith, será lançado somente em 22 de outubro.

“Algumas notícias – meu filme mais recente, Last Night in Soho, agora será lançado mais tarde neste ano. Sei que alguns de vocês estão desapontados, mas minha esperança é mais de vocês tenham a experiência que planejamos: no escuro, em uma tela grande, com um público… vejo vocês nos cinemas em 22 de outubro de 2021”

Foto: Reprodução / Twitter
Foto: Reprodução / Twitter

O longa-metragem é descrito como um terror psicológico inspirado em filmes como Inverno de Sangue em Veneza (1973) e Repulsa ao Sexo (1965).

Formado em Criação e Produção Audiovisual. Frequentador assíduo das salas de cinemas e também colecionador há anos de filmes em DVD e Bluray. Atuou como produtor e editor do SBT e na redação de blogs e sites em geral. Atualmente, trabalha como redator do E-Pipoca.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›