Elon Musk é acusado de mostrar partes íntimas para comissária

O empresário nega as acusações e diz que elas não passam de um jogo político

publicidade

Elon Musk é alvo de mais uma polêmica, dessa vez, envolvendo assédio sexual. Ele é acusado de assediar uma comissária de bordo durante uma viagem em seu jatinho particular. O bilionário teria mostrado o pênis para a profissional.

As informações foram compartilhadas por um amigo da moça, que contou que o caso aconteceu em 2016.

publicidade

De acordo com ele, para comprar o silêncio da funcionária, o proprietário da SpaceX teria pago cerca de US$ 250.000, para que ela não desse prosseguimento em uma denúncia oficial.

Tudo teria sido feito com o máximo sigilo entre as partes e por isso a história não veio à tona antes.

Além da acusação de ter mostrado suas partes íntimas, ele também teria esfregado a mão em parte de sua perna sem autorização e feito uma oferta, em troca de uma sessão de massagem erótica.

A proposta, incluiria dar a ela um cavalo de presente, depois de descobrir que a comissária era adepta à equitação e tinha demonstrado interesse no animal em uma outra conversa com o empresário.

publicidade
Elon Musk e Amber Heard (Reprodução/Twitter)

Mas de acordo com as declarações do amigo da moça, ela não teria aceitado e chegou a realizar a massagem que o cliente pediu, porém, sem usar os recursos sexuais.

O empresário negou as acusações

publicidade

Depois que a história veio a público, o bilionário reagiu nas redes sociais negando todas as declarações e disse que isso não passa de um jogo político para destruir a sua imagem.

‘’Os ataques contra mim devem ser vistos por uma lente política – este é o manual padrão (desprezível) deles – mas nada me impedirá de lutar por um bom futuro e seu direito à liberdade de expressão. E, para registro, essas acusações selvagens são totalmente falsas’’, publicou.

Apesar de negar o ocorrido, a funcionária chegou a contratar um advogado e entrar com uma ação trabalhista contra a empresa em 2018, entre as alegações, ela afirma que perdeu algumas oportunidades na SpaceX desde o ocorrido.

publicidade

Ela acredita que não teve mais preferência, depois que negou os pedidos do empresário.

Sobre a história, Elon afirma que se isso fosse uma tendência, ele já teria sido descoberto há muito tempo e que não existem registros em sua trajetória que possam embasar o que a imprensa tem divulgado.

‘’Se eu estivesse inclinado a me envolver em assédio sexual, é improvável que seja a primeira vez em toda a minha carreira de 30 anos que isso venha à tona’’, falou.

publicidade

Segundo ele, o assunto tem a intenção de atrapalhar as negociações na aquisição do Twitter.

Elon Musk (Reprodução/Twitter)

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›