Dirty Dancing: Sequência de clássico já tem novo diretor

O cineasta Jonathan Levine é quem vai assinar a produção que vai dar sequência na história

publicidade

O filme Dirty Dancing, que estreou no final dos anos 1980, vai mesmo ganhar uma nova sequência em breve. O anúncio oficial, foi feito pelo cineasta Jonathan Levine (Meu Namorado é um Zumbi), que vai dar continuidade ao clássico em uma parceria com a Lionsgate.

De acordo com ele, a produção sempre esteve entre as suas favoritas e poder participar de uma nova criação sobre ela, é a realização de um sonho.

publicidade

‘’O Dirty Dancing original, sempre foi um dos meus filmes favoritos, nunca imaginei que dirigiria a sequência’’, disse.

O longa, que tem Patrick Swayze (Ghost – Do Outro Lado da Vida) e Jennifer Grey (Curtindo a Vida Adoidado), como o casal protagonista, emplacou um grande sucesso na época, chegando a faturar cerca de US$ 213 milhões, sendo que o investimento inicial foi de apenas US$ 6 milhões.

Patrick Swayze e Jennifer Grey em Dirty Dancing - Ritmo Quente (Divulgação)
Patrick Swayze e Jennifer Grey em Dirty Dancing – Ritmo Quente (Reprodução/Netflix)

Porém, o lucro inesperado não se repetiu no segundo filme, Dirty Dancing – Noites de Havana, que foi lançado em 2004. Dessa vez, os custos do filme chegaram a US$ 25 milhões e tiveram uma arrecadação mundial de somente US$ 27,7 milhões.

publicidade

Além de dirigir, Levine também irá co-escrever a nova versão, ao lado da diretora Elizabeth Chomko, do drama Tudo o Que Tivemos.

A história vai ter Baby de volta

Infelizmente, não será possível contar com um retorno de Johhny Castle, o professor de dança que marcou uma geração. Seu intérprete, o ator Patrick Swayze, faleceu em 2009, devido a um câncer no pâncreas.

publicidade

No entanto, Jennifer Grey assinou o contrato para estar de volta, reprisando a personagem mais marcante em sua carreira, Frances “Baby” Houseman.

Questionado sobre as alterações que podem frustrar os fãs do clássico, o diretor afirma que tudo está sendo preparado com muito cuidado e que o público não precisa se preocupar com isso.

‘’Mal posso esperar para colaborar com Jennifer para trazer essa linda história de verão, romance e dança para uma geração de novos fãs. E para os de longa data, prometo que não vamos estragar sua infância. Vamos enfrentar a tarefa com sofisticação, ambição e, acima de tudo, amor’’, declarou.

publicidade

A trilha sonora, que foi responsável por deixar a música (I’ve Had) The Time of My Life, mundialmente conhecida e associada ao filme até hoje, pretende trazer inovações que vão desde hip-hop, até a cantora Alanis Morissette.

Além de Jennifer, a equipe não divulgou outros nomes do elenco, mas o diretor confessou, que pretende trazer o máximo que conseguir da versão original.

O filme está previsto para estrear em 2024.

publicidade
Patrick Swayze e Jennifer Grey em Dirty Dancing - Ritmo Quente (Divulgação)
Patrick Swayze e Jennifer Grey em Dirty Dancing – Ritmo Quente (Reprodução/Netflix)

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›