Diretor relembra trilogia Homem-Aranha e manda indireta para ‘profissionais’

Sem citar o nome da Sony, o diretor deu a entender que tinha mais dificuldades com o antigo estúdio que no MCU

publicidade

O diretor Sam Raimi explicou a diferença entre trabalhar com a ‘Sony’ e com a Marvel Studios. Raimi foi responsável pela trilogia Homem-Aranha, que tinha Tobey Maguire no papel principal, e agora está no comando de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, no MCU.

Agora, em uma entrevista que deu exclusivamente ao site Screen Rant, o diretor destacou as diferenças entre os dois estúdios.

publicidade

Ele explicou que, ao ver Maguire em Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa, teve uma sensação de círculo completo que foi ainda mais forte do que aquilo que sentiu ao dirigir Doutor Estranho 2.

Homem-Aranha 3 e Tobey Maguire
Tobey Miguire volta em Homem-Aranha 3 (Reprodução)

Raimi também deixou claro que gostou de trabalhar com a equipe do MCU, já que Kevin Feige tem uma sólida compreensão dos personagens, diferente dos demais estúdios a quem ele teve que explicar tudo sobre os super-heróis e ainda teve que brigar com a equipe de marketing em alguns momentos.

Vale destacar que, na entrevista, ele não mencionou a Sony pelo nome, mas acabou deixando a entender isso nas entrelinhas.

publicidade

“Bem, ver Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa foi mais como um momento de círculo completo, por ver esses personagens voltarem. Mas esta é uma nova aventura. É realmente emocionante trabalhar com essa nova equipe.”, iniciou.

“E o chefe da equipe é meu velho amigo Kevin Feige, que realmente se preocupa com a integridade dos personagens e, portanto, é um prazer trabalhar para ele. Porque muitas vezes, fazendo filmes antes com os super-heróis, você tinha que ensinar a um estúdio quem era um herói e discutir com seu departamento de marketing [e dizer]: ‘Não, não é engraçado. Deve ser sério.’”

publicidade

“Mas a Marvel é dona desses personagens. Eles estão lá para proteger a integridade e serem fiéis aos personagens, e o marketing é muito claro. E a mensagem é clara.”, disse o diretor.

Benedict Cumberbatch como Doutor Estranho no MCU (Reprodução / Marvel)
Benedict Cumberbatch como Doutor Estranho no MCU (Reprodução / Marvel)

Sam Raimi também comentou sobre a inspiração para a criação do roteiro de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Durante a entrevista, ele foi indagado se a série Loki e o filme Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa seriam as maiores inspirações para o novo filme do Doutor Estranho. Sua resposta, entretanto, foi diferente da esperada:

publicidade

“O mesmo roteirista, Michael Waldron, escreveu Loki. Mas basicamente, Loki é o que menos influencia aqui.”, iniciou ele.

“Há mais influência dos filmes dos Vingadores, depois das histórias de Thanos e WandaVision que afunilam em nosso roteiro. E o primeiro filme do Doutor Estranho, eu acho. Essas são as verdadeiras influências da história. Desculpe, e Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa também. Todas essas coisas estavam nos dando uma direção para onde deveríamos ir.”, explicou.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›