Buzz busca redenção em novo trailer de Lightyear

Buzz quer mostrar que é capaz de pilotar sem errar, mas acaba em meio a uma guerra contra o vilão Zurg

publicidade

Um novo trailer de Lightyear revela mais destalhes do enredo de viagem no tempo do novo filme da Pixar, e é tudo culpa de Buzz depois que uma missão dá errado. A trilha sonora é por conta de Lonely Boy do The Black Keys.

O vídeo mostra Buzz como um Patrilheiro Espacial confiante de mais, essa confiança se tornar sua desgraça, fazendo com que ele não consiga pilotar uma nave para fora de um planeta hostil.

publicidade

Determinado a mostrar que é capaz de pilotar uma nave, ele acaba viajando anos no futuro, com isso, Buzz é visto como um desertor. Agora, Buzz tem que se unira uma equipe de novatos em uma tentativa de evitar que Zurg domine a galáxia.

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Além do trailer, também foi divulgado um novo pôster do filme animado.

publicidade

O elenco do filme conta com Chris Evans como Buzz Lightyear, além de Keke Palmer, Peter Sohn, James Brolin como Zurg, Taika Waititi, Dale Soules, Uzo Aduba, Mary McDonald-Lewis, Efren Ramirez e Isiah Whitlock Jr.

A direção é de Angus McLane. A data de estreia está programada para 16 de junho.

Sem conexão com Toy Story

publicidade

Em uma entrevista para EW, Angus McLane garantiu que Lightyear não tem conexão direta com Toy Story:

“‘Situado no mundo de Toy Story é meio estranho. Outra maneira de chegar lá, é um filme de ação e ficção científica direto sobre o personagem de Buzz Lightyear. No universo de Toy Story, seria como um filme que talvez Andy tivesse visto, que o faria querer uma figura de Buzz Lightyear. O filme não acaba e aí você vê o Andy comendo pipoca. Isso é uma coisa própria… Isso é independente. É o filme Buzz Lightyear. É aquele personagem, mas como o patrulheiro espacial, não como o brinquedo”.

A Pixar revelou que Lightyear é a história de origem desse personagem, “o jovem piloto de testes que se tornou o guarda espacial que todos o conhecemos hoje”. MacLane ainda explicou:

publicidade

“Quando você ouve sobre o Buzz Lightyear de Toy Story falar sobre seu patrulheiro espacial ou do Comando Estelar, é um amálgama de uma nota de clichês de ficção científica, que é o objetivo desse filme. Se você quisesse tornar esse mundo real, não poderia fazê-lo sentir constantemente como se fosse uma coisa derivada”.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›