Bridgerton é criticada por falta de sexo e ator defende: “Para surpreender”

publicidade

Mal estreou e a segunda temporada de Bridgerton foi criticada pela falta de cenas de sexo. O público que se mal acostumou com as sequências picantes entre Daphne (Phoebe Dynevor) e Simon (Regé-Jean Page), estranhou ao ver na tela apenas a insinuação entre Anthony (Jonathan Bailey) e Kate (Simone Ashley).

Agora, Bailey resolveu explicar por que a segunda temporada amenizou o sexo:

publicidade

 “O que você perde em cenas de sexo você ganha em uma compreensão humana mais profunda. Isso esperançosamente enriquece o enredo para que as futuras cenas de intimidade não sejam um recurso pesado, e para que a trama não tenha que se apoiar tanto nelas”, disse o ator entrevista ao USA Today.

Para o ator, o público ficará mais atento à tensão entre os personagens, e as conexões que surgem entre eles, quando as cenas tórridas são mantidas à distância.

“É certo surpreender o público e mantê-los um pouco atentos.”

Bailey completou dizendo que não faria sentido que Anthony e Kate fossem para a cama logo de cara, porque eles haviam acabado de se conhecer e não existia nenhuma atração.

publicidade

“Teria sido errado para Kate e Anthony terem se relacionado fisicamente mais cedo. A recompensa é realmente merecida.”

Cena de Bridgerton (Divulgação/Netflix)

Enredo da segunda temporada

publicidade

 

A história da segunda temporada adapta o livro O Visconde que Me Amava, de Julia Quinn, e mostra Anthony, procurando uma esposa para casar. Com a família Sharma de volta a Londres, a filha mais nova, Edwina é considerada o diamante da temporada. Escolhida pela rainha como a pretendente mais cobiçada, ela chama a atenção do irmão mais velho da família Bridgerton.

Mas não por gostar verdadeiramente dela, e sim porque ela tem as qualidades que são exigidas para uma mulher que será a viscondessa. O problema é que Edwina tem uma irmã, Kate, a quem considera uma mãe, e Kate não aprova a união entre os dois, à medida que vai começando a se apaixonar por Anthony.

publicidade
Irmãs Sharma e Anthony em pôster de Bridgerton (Divulgação)

Criador da série não sentiu falta das cenas de sexo

Chris Van Dusen, criador da série, na mesma entrevista ao USA Today, chegou a dizer que a série não pretende focar nas cenas de sexo sem um propósito por trás.

“Nós nunca fazemos uma cena de sexo apenas por fazer uma cena de sexo – e nunca faremos. Todas as cenas íntimas têm um propósito maior. Isso foi verdade na primeira temporada e definitivamente é verdade na segunda.”

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›