Bridgerton: Autora opina sobre adaptações da história original feitas na série

Julia Quinn não só aprova como aprecia que a série não seja uma cópia exata de seus livros

publicidade

O maior sucesso dentre as séries originais da Netflix, Bridgerton é baseada na série de romances de mesmo nome, escritos por Julia Quinn, com algumas adaptações a história original, que foram comentadas pela autora.

Em uma entrevista recente ao site americano Insider, a escritora contou que foi convidada a contribuir na produção do programa, mas que seu envolvimento é bem superficial, mas ela se disse contente com esse status e acrescentou que gostou das adaptações realizadas pelos roteiristas.

“O processo (da 2ª temporada) foi o mesmo em termos do meu nível de envolvimento, que é mínimo. Ela foi mais longe do livro do que a primeira temporada fez, mas minha atitude em relação à segunda temporada é realmente a mesma para a primeira temporada, acho é que elas (as duas temporadas) vão muito bem juntas”, ela afirmou.

publicidade

Quinn também ressaltou que ela acha importante que os roteiristas acrescentem suas próprias ideias, para que o público tenha oportunidade de ter experiências distintas, ao lerem os livros e assistirem a série.

“Não espero que repitam palavra por palavra e não quero que sejam cópias de carbono. É muito legal, você tem essas duas coisas que se complementam muito bem. Você pode assistir ao programa e ler os livros e ter duas experiências separadas e uma grande experiência”, ela acrescentou.

Kate Sharma (Simone Ashley) e Anthony (Jonathan Bailey) em Bridgerton (Divulgação/ Netfflix)

Ela finalizou usando a opinião dos fãs, que ela encontra na internet, como exemplo de que a tática de fazer adaptações a história original é uma boa ideia, que em seu ponto de vista está dando muito certo.

publicidade

“Quando eu espreito (comentários de fãs) nas internet, cerca de metade das pessoas que eu vejo falando sobre a primeira ou segunda temporada estão dizendo: ‘Oh, os livros são melhores!’ e a outra metade está dizendo: ‘Oh, o programa é melhor!’ Isso significa que estamos todos fazendo um ótimo trabalho”, ela concluiu.

Não surpreendentemente, Bridgerton já está renovada para sua 3ª e 4ª temporada e com a benção da autora para quaisquer mudanças que os roteiristas acharem importante ou interessante, as próximas temporadas podem contar com grandes surpresas.

As duas primeiras temporadas de Bridgerton estão disponíveis na Netflix, somente para assinantes.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›