Criticada por fãs, Ana de Armas é defendida por Brad Pitt como Marilyn Monroe: “Fenomenal”

Atriz foi criticada por fãs de Marilyn e acusada de não se esforçar para fazer um sotaque estadunidense perfeito. Ela é latina

publicidade

Em meio à enxurrada de críticas, o ator Brad Pitt foi mais uma das pessoas que elogiaram a atuação de Ana de Armas, atriz cubana, como Marilyn Monroe no filme Blonde.

Ele aproveitou a entrevista que concedeu ao programa Entertainement Tonight para promover Trem-Bala, seu filme que estreou no Brasil na última quinta-feira (04), e afirmou:

publicidade

“Ela está fenomenal no filme. É um papel difícil de preencher. Estamos desenvolvendo esse filme há dez anos. Foi só quando encontramos a Ana que conseguimos levar pra frente.”

Pitt é um dos produtores do filme que também apostaram na atriz, mesmo ela não sendo estadunidense, como era Marilyn.

O diretor, Andrew Dominik, chegou a dizer que esperou tanto tempo porque não havia encontrado uma atriz que pudesse expressar o que ele imaginava de Marilyn e só topou realizar as gravações depois que conheceu Ana.

Ana de Armas nas gravações de Blonde (Divulgação/Netflix)

Atriz sofreu críticas por parte dos fãs de Marilyn Monroe

publicidade

Logo após o lançamento do trailer pela Netflix, os fãs de Marilyn foram à internet para criticar o sotaque cubano de Ana de Armas.

A atriz afirmou que levou nove meses trabalhando nisso a fim de entregar a melhor atuação e o sotaque mais próximo ao de Marilyn, mas isso não foi suficiente para poupá-la do tribunal das redes sociais.

publicidade

“Sob o risco de ofender aqueles que estão mais preocupados com o idioma do que com substância, Norma Jean [nome verdadeiro de Marilyn] não tinha um sotaque hispânico. Ana de Armas o tem no trailer. Há muita apropriação cultural Hollywood, eu sei, mas não há razão para arruinar a precisão histórica em resposta”, escreveu uma pessoa.

“Mais um exemplo de uma atriz que não torna sua personagem crível por causa do seu sotaque. Eu não tô nem um pouco a fim de fingir que Marilyn Monroe era hispana só para que Ana de Armas tenham seu momento de brilhar. Só para dizer, eu amo Ana, mas isso foi um erro gigante de escalação.”

Ana de Armas em Blonde (Divulgação/Netflix)

Atriz foi defendida pelo próprio espólio de Marilyn

publicidade

“Marilyn Monroe é um ícone singular de Hollywood e da cultura pop que transcende gerações e história. Qualquer atriz que assume esse papel sabe que tem um grande lugar para preencher”, iniciou Rosen.

“Com base apenas no trailer, parece que Ana foi uma ótima escolha de elenco, pois captura o glamour, a humanidade e a vulnerabilidade de Marilyn. Mal podemos esperar para ver o filme na íntegra”, disse o presidente do Marilyn Monroe State.

publicidade

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›