Ator que viveu Voldemort quer fazer filme +18 do vilão

Ator chegou a dizer que Voldemort poderia retornar em um filme, casado e protagonizando cenas de sexo.

publicidade

O ator Ralph Fiennes, conhecido pelos fãs de Harry Potter por ter dado vida ao icônico vilão Voldemort, comentou sobre a possibilidade de voltar a interpretar o personagem novamente.

Durante uma entrevista para promover seu mais novo projeto, intitulado The Forgiven: Redenção, ele afirmou que Voldemort poderia retornar em um filme que não fosse feito para crianças e tivesse uma restrição de idade maior.

publicidade

A ideia é que o vilão estivesse casado e que até mesmo pudesse protagonizar cenas quentes de sexo com a esposa, que, segundo ele, poderia ser interpretada por sua amiga Jessica Chastain, que atua com ele em Redenção.

“Eu acho que Voldemort deveria reaparecer e precisaria de uma noiva pra ele, interpretada por Jessica”, afirmou Fiennes. “Eu acho que seria muito complicado. Seria obsessão, eles se odiariam. Então eles se juntariam com feitiços incríveis.”

Ao mencionar sobre as cenas mais picantes, a colega o interrompeu e disse que isso teria que ser proibido para crianças, e ele concordou.

Mas e você que é fã de Harry Potter, acredita mesmo que daria certo a ideia de ver Voldemort peladão no edredom?

publicidade
Harry Potter (Daniel Radcliffe) e Voldemort (Ralph Fiennes) na franquia Harry Potter (Reprodução Warner Bros.)
Harry Potter (Daniel Radcliffe) e Voldemort (Ralph Fiennes) na franquia Harry Potter (Reprodução Warner Bros.)

Tom Felton recebeu importante conselho de Jason Isaacs durante gravações de Harry Potter

Os dois atores interpretaram vilões na saga Harry Potter. Felton deu vida a Draco Malfoy e Isaacs interpretou seu pai, Lúcio Malfoy.

publicidade

Felton explicou que Isaacs foi uma espécie de mentor para ele.

“Ele foi incrivelmente solidário e gracioso. Foi um relacionamento extremamente importante para mim,” comentou ele durante entrevista ao The Guardian.

“Ele nunca falou comigo como uma criança, e me mostrou o caminho. Jason foi uma força motriz para me [ajudar a me] livrar da minha síndrome do impostor.”

“Ele me disse para sair dessa. [Falou] como eu era bom, mas poderia ser muito melhor,” continuou o ator.

“Me disse para trabalhar nisso. Ele me disse para entrar em forma, aprender a fazer um sotaque estadunidense e conseguir um bom agente dos Estados Unidos.”

Depois do fim dos filmes da Saga do bruxinho, Tom Felton apareceu em filmescomo Planeta dos Macacos: A Origem (2011), Ressurreição (2016) e Ophelia (2018).

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›