Ator de Trem-Bala teve que ser levado para hospital após cena brutal

Ator passou mal depois de se cortar feio durante filmagens

publicidade

Aaron Taylor-Johnson desmaiou e teve que ser levado ao hospital por conta de uma de suas cenas no filme Trem-Bala.

Durante uma conversa com a revista Variety no tapete vermelho do evento de estreia do filme, Aaron revelou que se machucou feio filmando uma cena de luta, que ele até apagou:

publicidade

“Estávamos gravando uma sequência de luta, e eu tomei um chute que me fez voar do outro lado do set. E um pedacinho pontudo no canto não estava acolchoado e tirou uma lasca da minha mão. Literalmente tive um treco e desmaiei.”

Tangerine em Trem Bala (Divulgação/Sony Pictures)
Aaron Taylor-Johnson é Tangerine em Trem-Bala (Divulgação/Sony Pictures)

“Quando eu voltei a mim, eu perguntei: ‘Tem que fazer de novo?’, e a produção respondeu: ‘Não, não, você tem que ir para o hospital dar pontos. Passei a noite toda no hospital”, contou.

Segundo o ator, ele estava sob uma nova dieta com carboidratos reduzidos, e isso o teria enfraquecido e deixado mais propenso a desmaiar. Entretanto, ele afirmou que o incidente não o abalou.

publicidade

“Quando você aceita fazer um filme para o David Leitch, você tem que ganhar algumas cicatrizes de guerra. Algumas feridas de batalha.”

Personagens foram exagerados para acompanhar tom do filme

Brian Tyree Henry e Brad Pitt em cena de Trem-Bala (Divulgação Sony)
publicidade

De acordo com Aaron, o diretor deixou todos os atores livres para exagerar em suas atuações, contanto que isso fizesse sentido para o filme:

“Nos divertimos bastante. O David Leitch nos deu liberdade para improvisar e criar falas, porque queríamos que todos os personagens se destacassem. Quero dizer, o tom do filme é de uma realidade exagerada, então o público vai querer ver o máximo desses personagens, eu espero”.

Trem-Bala entra em cartaz nos cinemas do Brasil a partir desta quinta-feira (04).

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›