Ator acusado de canibalismo terá especial no Discovery+

Armie Hammer está envolvido em uma série de acusações que incluem tendências ao canibalismo e vício em sexo

publicidade

O ator Armie Hammer, envolvido em um escândalo de abuso sexual e violência, vai ganhar um especial do Discovery+ sobre sua família.

O documentário intitulado House of Hammer (Casa dos Hammer, em tradução livre) e deve explorar a vida do astro e de seus familiares, e será produzido pelo canal ID em parceria com o streaming.

publicidade

De acordo com o anúncio oficial (via Entertainment Weekly), a produção vai contar o passado obscuro das últimas cinco gerações da família do ator.

A sinopse sugere que serão exibidos “um conjunto de arquivos e entrevistas de sobreviventes e membros das família”, que irão expor uma família que é chamada de “uma dinastia disfuncional com seus membros homens exibindo todas as consequências devastadoras de fazer o que querem”.

“Deboche. Enganação. Abuso. Vício. Corrupção. Nas últimas cinco gerações, os homens da família Hammer tem mais segredos e escândalos do que qualquer arquivo pode conter. Os alegados crimes de Armie Hammer são só a ponta do iceberg”, diz o documento para a imprensa.

Entenda o caso

Armie Hammer em O Agente da U.N.C.LE (Reprodução)
Armie Hammer em O Agente da U.N.C.LE (Reprodução
publicidade

Uma ex-namorada de Armie usou sua conta no Instagram para acusar o ator de tê-la estuprado e usado violência física com ela há cinco anos.

Além das instâncias de violência, ele também foi acusado de ser viciado em sexo e ter tendências ao canibalismo.

publicidade

Em uma audiência Effie detalhou o abuso, que ela afirmou ser uma amostra de como ele a abusou “mentalmente, emocionalmente e sexualmente” durante seu tempo juntos:

“No dia 24 de abril de 2017, Armie Hammer me estuprou violentamente por quatro horas em Los Angeles, durante as quais ele repetidamente bateu minha cabeça contra a parede, machucando meu rosto. Ele também cometeu outros atos de violência contra mim que eu não consenti.”

Por conta das acusações, o ator acabou sendo bastante prejudicado profissionalmente.

publicidade

Armie foi dispensado pelos agentes da empresa que o representava, a WME, além de ter sido cortado de diversos projetos como o filme Shotgun Wedding produzido por Jennifer Lopez, a nova série O Poderoso Chefão e a peça da Broadway The Minutes.

O ator negou todas as acusações, e afirmou que sua relação com a acusadora era cem por cento consensual.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›