Armeira de Rust é mostrada em vídeo minutos após tiro que matou diretora: “Ferrei minha carreira”

O vídeo divulgado pelo TMZ mostra a armeira abalada depois que o ator Alec Baldwin disparou um tiro acidental na diretora de fotografia Halyna Hutchins

publicidade

Hannah Gutierrez Reed, responsável pelos armamentos do filme Rust, teve um vídeo recente divulgado em que lamenta profundamente o acidente no set de filmagens.

O vídeo divulgado pelo TMZ mostra a armeira abalada depois que o ator Alec Baldwin disparou um tiro acidental na diretora de fotografia Halyna Hutchins.

publicidade

As imagens foram registradas por meio de uma câmera policial que foi ao local atender a ocorrência.

No vídeo, a armeira em estado de choque, possivelmente por presenciar a cena do incidente que causou a morte da profissional e como a situação iria impactar a sua carreira.

“Eu ferrei com a minha carreira. Bem-vindo ao pior dia dia da minha vida”, declara Hannah minutos depois do disparo. Ela também diz à agente da polícia que a acompanha Hannah ao banheiro: “Eu não posso acreditar que Alec Baldwin estava segurando a arma”.

No vídeo também Hannah conta que aprendeu a profissão com seu pai Thell Reed e pergunta aos policiais se ela pode ser levada uma viatura longe dos colegas da equipe, por estar muito envergonhada.

publicidade

“Eu só quero dar o fora daqui e nunca mais mostrar meu rosto nesta indústria novamente. Sou a única armeira da indústria e acabei ferrando toda a minha carreira”. Mais tarde, ela se refere a si mesma como um “p%$@ fracasso”, lamenta.

Elenco do filme Rust (Divulgação)
Elenco do filme Rust (Divulgação)

Armeira de Rust está sendo processada pela família da diretora

publicidade

Hannah é alvo de um processo aberto pela família da vítima, e ela também decidiu processar a empresa que forneceu a munição.

Segundo a armeira, ela relata que lembra de ter carregado a arma com balas rotuladas como munição inerte. A empresa negou que as munições verdadeiras teriam chegado ao set por meio deles.

Em seu depoimento policial a profissional contou que as armas ficaram cerca de duas horas sem supervisão e que não estavam guardadas no local da cena para cumprir os protocolos de segurança da Covid-19.

publicidade

O acidente nas gravações do longa-metragem Rust ocorreu no dia 21 de outubro do ao passado, no estado americano do Novo México. A fotógrafa atingida pelo tiro tinha 42 anos e chegou a ser levada de helicóptero a um hospital, mas não resistiu.

As autoridades do país multaram a produtora responsável pelo filme, a Rust Movie Productions LLC em US$ 137 mil (cerca de R$ 630 mil) e o caso ainda está sendo investigado.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›