A Casa do Dragão: Qual o significado da nudez frontal de Aemond?

A Casa do Dragão (House of the Dragon) continua a surpreender com cenas impactantes. Desde mortes violentas, como a de Lucerys na 1ª temporada e Jaehaerys na 2ª, até cenas de nudez, a série mantém o público em alerta.

No terceiro episódio da 2ª temporada, há uma cena de nudez frontal com Aemond Targaryen (Ewan Mitchell). Diferente de Game of Thrones, onde a nudez era usada para atrair atenção, A Casa do Dragão usa esses momentos para explorar as motivações dos personagens, como discutido pelo ator Mitchell.

Na série da HBO, Aemond como um pária já no sexto episódio da 1ª temporada. Aemond (Leo Ashton) sofre bullying, especialmente de seu irmão Aegon (Ty Tennant), por não ter um dragão, pois o ovo destinado a ele nunca eclodiu. Um momento marcante é quando Aemond é presenteado com um porco com asas em vez de um dragão.

Esse bullying molda a personalidade endurecida de Aemond, levando à luta em Driftmark e à perda de seu olho ao reivindicar Vhagar. Esses eventos são cruciais para entender Aemond na 2ª temporada. Ewan Mitchell comentou sobre a autopercepção de Aemond em entrevista ao Vulture (via Collider).

Entre os episódios sete e oito da primeira temporada, ele se transformou em uma arma. Ele possui esse código que o impede de se machucar novamente, como era quando criança. Ele tem que ser visto como essa presença à prova de balas, intocável, etérea, que ninguém consegue entender.”

O 2º episódio da  2ª temporada revela um lado mais vulnerável e arrependido de Aemond. Em uma conversa íntima com uma prostitua, ele expressa orgulho pela tentativa de assassinato de Daemon e pesar pela morte de Lucerys, mostrando uma inesperada vulnerabilidade emocional.

No episódio 3, Aegon (Tom Glynn-Carney) descobre Aemond em um momento comprometedor com a mesma prostituta e o ridiculariza na frente da Guarda Real. Aemond reage ousadamente, afastando-se nu da prostituta, demonstrando tanto defesa quanto ataque.

Mitchell ainda explicou na entrevista que tais cenas visam chocar o público e que fraqueza não faz parte do vocabulário de Aemond.

Cenas como essa começam com uma conversa sobre até onde você está preparado para ir. Não foi uma escolha que fizemos de ânimo leve. Mas é verdade para Aemond que ele choca o público. A fraqueza não faz parte do vocabulário de Aemond“.

Aemond, agora um lutador habilidoso que monta o maior dragão de Westeros, continua sendo afetado pelo bullying de Aegon. A cena de nudez de Aemond serve tanto para chocar os espectadores quanto para intimidar Aegon e outros que o zombam. Aemond se torna mais introspectivo e perigoso, com menos empatia e mais propenso à crueldade.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›